Perguntas frequentes sobre a vacina da COVID-19 | Boston Medical Center

Perguntas frequentes sobre a vacina da COVID-19

Podemos ajudar a impedir a disseminação de COVID-19 com vacinas.

 

A vacinação ajudará a proteger você e as pessoas ao seu redor contra a COVID-19.

Se formos vacinados, usarmos máscaras e mantivermos um distanciamento de pelo menos 2 metros de outras pessoas, podemos ajudar a acabar com esta pandemia.

A vacinação ajudará a proteger você

As vacinas da COVID-19 são muito eficazes na prevenção da COVID-19, especialmente das formas mais graves. E elas não apenas protegem você - ao ser vacinado, você também ajudará a manter sua família e comunidade protegidas contra a COVID-19.

O BMC agora está vacinando pacientes que são elegíveis de acordo com os critérios estaduais do MA. A vacina também está disponível em outras organizações de saúde e farmácias, como parte do esforço de vacinação em âmbito nacional. 

Continuaremos atualizando esta página à medida que tivermos mais informações sobre as vacinas da COVID-19.

 

Vamos lutar contra a COVID-19 juntos.

Perguntas Frequentes

Saiba mais sobre como as vacinas da COVID-19 funcionam e quando elas podem estar disponíveis para você.

O que é uma vacina?

A vacina é uma substância que pode ajudar a proteger você contra doenças específicas. As vacinas fazem com que o sistema imune produza anticorpos, que combatem vírus e bactérias. Se você for exposto a uma doença contra a qual foi vacinado, os anticorpos lutarão contra as bactérias ou vírus causadores da doença antes que você fique doente. Para mais informações sobre vacinas, visite os Centros de Controle de Doenças.

Como funcionam as vacinas da COVID-19?

Existem três vacinas diferentes disponíveis. Destas, as vacinas da Pfizer e da Moderna são vacinas de mRNA. Elas funcionam dizendo ao nosso corpo para fabricar uma proteína que então produz anticorpos. Esses anticorpos ajudam a proteger você do vírus que causa a COVID-19.

Já a vacina da Johnson & Johnson usa um vetor de vírus, diferente do vírus da COVID-19, que não pode se replicar no corpo humano. O vetor do vírus fornece um código de proteína que diz ao seu sistema imune para produzir anticorpos, que então protegem você contra a COVID-19.

Quando poderei receber a vacina da COVID-19?

A partir de 13 de maio de 2021, todos os adultos de 12 anos de idade ou mais em Massachusetts são elegíveis para receber a vacina da COVID-19. Pessoas com idades entre 12 e 18 anos só podem receber a vacina da Pfizer.

Não é necessário marcar hora para tomar a vacina em um dos postos de vacinação comunitários do BMC. No entanto, se preferir, você pode agendar a vacinação em um desses locais por meio deste link. Algumas clínicas do BMC também estão administrando vacinas da COVID-19, se você preferir ser vacinado pelo seu médico.

Você também pode tomar a vacina em um posto de vacinação estadual, um posto comunitário local ou em locais como CVS ou Walgreens; mais detalhes disponíveis aqui.

A vacina será gratuita?

O governo federal se comprometeu a fornecer a vacina gratuitamente a todos os indivíduos que desejarem se vacinar. Em Massachusetts, as seguradoras e provedores de seguros concordaram em fornecer a vacina sem custos diretos ou coparticipações. Você não precisa ter seguro saúde para tomar a vacina.

A vacina é obrigatória? E para crianças?

O BMC atualmente não tem planos de tornar a vacina obrigatória para seus pacientes ou funcionários.

Outros empregadores, assim como o estado de Massachusetts, podem eventualmente tornar a vacina obrigatória para certas atividades, como voltar ao trabalho ou estudar em escolas públicas - assim como ocorre com outras vacinas. No entanto, não temos conhecimento de nenhum plano atual para tornar as vacinas da COVID-19 obrigatórias, e o governo Biden disse que não planeja tornar a vacina obrigatória nos Estados Unidos.

Algumas escolas podem optar por tornar a vacina da COVID-19 obrigatória para crianças em seu distrito, como outras vacinas já são. Muitas faculdades também estão optando por tornar a vacinação contra a COVID-19 obrigatória para que os alunos possam frequentá-las. Entre em contato diretamente com a escola de seu filho para obter mais informações sobre a obrigatoriedade ou não da vacina da COVID-19.

O BMC está administrando todas vacinas disponíveis? Posso escolher a que vou tomar?

Prevemos que o BMC terá oferta das vacinas da Pfizer, da Moderna e da Johnson & Johnson, e fornecerá as três aos pacientes e funcionários. Todas as três estão sendo distribuídas em todo o estado de MA e no país.

Algumas coisas importantes a se ter em mente sobre as três vacinas:

  • • Todas as vacinas da COVID-19 disponíveis são altamente eficazes e seguras e passaram por uma revisão clínica rigorosa.
  • • Todas as três vacinas demonstraram, em ensaios clínicos, serem 100% eficazes contra hospitalização e morte relacionadas à COVID-19.
  • • Você não poderá escolher qual receberá; a vacina que irá tomar dependerá do nosso estoque de cada uma na ocasião. A melhor vacina para tomar é aquela que está imediatamente disponível para você.
  • • Se você tomar a vacina da Pfizer ou da Moderna, sua segunda dose deve ser da mesma vacina que você recebeu na primeira dose. Você não pode receber uma vacina da Pfizer na primeira dose e da Moderna na segunda, ou vice-versa. Apenas uma dose é necessária para a vacina da Johnson & Johnson.

Como são administradas as vacinas da COVID?

A vacina será administrada na forma de injeção na parte superior do braço.

As vacinas da Pfizer e da Moderna requerem duas doses. Para a vacina da Pfizer, a segunda injeção será três semanas após a primeira. Para a vacina da Moderna, será quatro semanas depois. É importante tomar as duas doses. Do contrário, você não estará tão bem protegido contra a COVID-19 quanto poderia estar.

Apenas uma dose é necessária para a vacina da Johnson & Johnson.

É necessário ser cidadão dos EUA para receber a vacina da COVID-19?

Qualquer pessoa que more em Massachusetts, independentemente do status de imigração, pode receber a vacinação da COVID-19 em um posto no estado. Não é necessário fornecer um documento de identificação ou número de seguro social para tomar a vacina da COVID-19. Tomar a vacina da COVID-19 não terá nenhum impacto negativo em suas chances de obter um green card.

Onde posso encontrar informações do FDA?

Um folheto informativo do FDA pode ser encontrado aqui, e está disponível em mais 20 idiomas no site do FDA.

Quão bem funciona a vacina?

Saiba mais sobre o sucesso da vacina da COVID-19 na prevenção da COVID-19.

A vacina evita que eu contraia a COVID-19?

As vacinas da COVID-19 são muito eficazes na prevenção da COVID-19. Embora tenham ajudado a prevenir a COVID-19 em geral, foram particularmente boas na prevenção de casos graves da doença. E, em ensaios clínicos, todas foram 100% eficazes na prevenção de hospitalização e morte relacionadas à COVID-19.

No entanto, é importante continuar usando máscara e mantendo o distanciamento social, porque:

  • Nem todos receberão a vacina de uma vez. Seguir as diretrizes de saúde pública ajudará a proteger qualquer pessoa que ainda não tenha tomado a vacina.
  • Embora não seja provável, ainda é possível contrair a COVID-19 após tomar a vacina, pois nenhuma vacina é 100% eficaz.
  • Ainda não sabemos ao certo por quanto tempo a vacina protegerá você contra a COVID-19.

Quanto tempo dura a proteção das vacinas contra a COVID?

Não sabemos quanto tempo a proteção vai durar. Os estudos que estão em andamento no momento ajudarão a responder a essa pergunta. Você pode precisar tomar a vacina novamente no futuro.

Quão bem as vacinas protegem contra as novas variantes da COVID-19?

Espera-se que as vacinas da COVID-19 atuais forneçam pelo menos alguma proteção contra novas variantes do vírus, pois atuam estimulando o sistema imunológico a responder amplamente ao vírus. Estudos realizados em lugares como Israel, onde grande parte da população foi vacinada, mostram que a vacina da Pfizer oferece pelo menos alguma proteção contra as variantes da COVID-19. Além disso, a vacina da Johnson and Johnson foi testada na África do Sul, onde teve um desempenho razoavelmente bom durante um período em que uma variante estava circulando. No entanto, ainda não sabemos se as vacinas serão tão eficazes contra as novas variantes como foram nos testes clínicos.

À medida que buscamos mais informações, os cientistas estão estudando maneiras de tornar as vacinas mais eficazes contra as variantes da COVID-19, se necessário, incluindo doses de reforço, novas vacinas voltadas a múltiplas variantes e aprimoramento da plataforma de mRNA usada pelas vacinas da Pfizer e da Moderna para torná-las mais eficazes.

As crianças de 12 a 15 anos receberão a mesma dose da vacina que as pessoas com mais de 18 anos?

Sim. Doses diferentes foram testadas durante os ensaios clínicos da vacina em pessoas de 12-15 anos e foi determinado que usar a mesma dose da vacina que usamos para adultos é seguro e eficaz para essa faixa etária.

A vacina é segura?

As vacinas da COVID-19 passaram por testes de segurança rigorosos. Saiba mais sobre o que isso significa.

As vacinas da COVID são seguras?

Sim. As vacinas da COVID-19 passaram pelos mesmos ensaios clínicos que outras vacinas aprovadas. As vacinas da COVID-19 atenderam aos altos padrões de segurança estabelecidos por esses ensaios.

O processo de ensaio clínico para vacinas contra a COVID-19 foi muito mais rápido do que para outras vacinas, mas foi feito com o mesmo cuidado. Mais de 110.000 pessoas tomaram as diferentes vacinas contra a COVID-19 como parte dos ensaios clínicos. Além disso, os ensaios clínicos incluíram 10-19% de participantes negros e 15-45% de hispânicos/latinos (dependendo do estudo), o que significa que a segurança da vacina foi testada em um grupo diversificado. Não houve maiores preocupações de segurança em nenhum dos ensaios.

As vacinas da COVID-19 foram aprovadas sob autorização emergencial devido à gravidade da pandemia. É provável que outras vacinas sejam aprovadas dessa forma. Mas os padrões de segurança para autorização emergencial são praticamente os mesmos que as vacinas devem cumprir para autorização regular.

Grupos de especialistas também continuam examinando a segurança da vacina da COVID-19 depois que as pessoas começam a tomá-la.

Quais são os efeitos colaterais das vacinas contra a COVID-19?

Algumas pessoas nos ensaios clínicos relataram efeitos colaterais. No entanto, eles geralmente foram leves e são um sinal de que o sistema imune está funcionando. Os efeitos colaterais relatados incluem dores de cabeça, fadiga, calafrios e dor no local da injeção. Um pequeno número de participantes teve febre.

Para algumas pessoas, esses efeitos colaterais foram piores após a segunda dose.

Os efeitos colaterais de uma vacina geralmente desaparecem por conta própria em poucos dias. Você pode tomar medicamentos de venda livre, como paracetamol ou ibuprofeno, para controlar os efeitos colaterais após a vacina. No entanto, é recomendado que você evite tomar esses medicamentos logo antes de receber a vacina.

Se seus efeitos colaterais durarem mais de 48 horas, fale com seu médico.

Houve algum evento adverso sério após essas vacinas?

Houve um pequeno número de relatos de doenças graves semelhantes ao AVC associadas à baixa contagem de plaquetas após a vacina contra a COVID-19 da Johnson & Johnson. Essa reação é extremamente rara e foi investigada pelo CDC e pelo FDA, que então suspenderam a pausa que haviam colocado na vacina.

Casos de paralisia de Bell foram relatados em participantes dos ensaios clínicos da vacina de mRNA contra a COVID-19, mas ocorreram em uma taxa menor do que a observada na população em geral e se desenvolveram várias semanas após a vacinação. Não há evidências de que esses casos de paralisia de Bell tenham sido causados pela vacinação.

Um pequeno número de reações alérgicas graves foi relatado após a vacinação com as vacinas da COVID da Pfizer e da Moderna e estão sendo investigados. Todas as reações responderam ao tratamento, e cada posto de vacinação irá monitorar as pessoas para verificar sinais de uma reação alérgica após a vacinação.

Posso contrair a COVID-19 pela vacina?

Não, você não pode contrair COVID-19 pela vacina. Na verdade, a vacina não contém o vírus que causa a COVID-19.

Posso espalhar COVID com a vacina?

Não. As vacinas atuais não contêm o vírus que causa a COVID-19, o que significa que a vacina em si não fará com que você espalhe a COVID-19.

Ainda posso espalhar a COVID-19 depois de tomar a vacina, mesmo que não fique doente?

Embora saibamos que as vacinas da COVID-19 podem prevenir infecções graves por COVID-19, ainda não sabemos quão eficazes as vacinas são na prevenção da infecção assintomática, que é quando você está infectado com a COVID-19 mas não apresenta nenhum sintoma. Pode ser possível espalhar a COVID-19 após a vacinação, por isso ainda é importante usar máscaras e manter o distanciamento social.

À medida que as pessoas começam a tomar as vacinas, os pesquisadores vão analisar quão bem elas previnem a infecção assintomática.

A vacina permanecerá no meu corpo ou entrará no meu DNA?

Não. Nenhuma das vacinas entra ou muda seu DNA, nem permanece no seu corpo.

A vacina afeta a fertilidade?

Não há evidências de que a vacina da COVID-19 afete a fertilidade. Nos dados de segurança do estudo da Pfizer, a mesma proporção de pessoas engravidou no grupo da vacina e no grupo do placebo. Com base nisso, a vacina é recomendada mesmo se você estiver planejando engravidar em breve.

Como posso saber que isso é seguro para crianças se tão poucas crianças estiveram envolvidas nos ensaios clínicos?

Milhares de crianças receberam a vacina da COVID-19 em ensaios clínicos, sem relatos de efeitos colaterais graves. Os efeitos colaterais foram semelhantes aos de adolescentes mais velhos e adultos, e não houve reações alérgicas ou outras reações graves. O CDC e o FDA levam muito a sério a segurança das vacinas, especialmente para crianças. Sua pesquisa cuidadosa determinou que esses estudos mostram que as vacinas são seguras.

Tomei a vacina da Johnson & Johnson recentemente. Devo me preocupar?

No momento, parece que esses tipos específicos de coágulos sanguíneos são uma reação extremamente rara. Quase 9 milhões de pessoas receberam a vacina, e menos de 30 eventos adversos desse tipo foram relatados. O BMC continua incentivando fortemente todos os pacientes e membros da comunidade a serem vacinados com qualquer vacina que esteja disponível para eles.

No entanto, é importante conversar com seu médico se tiver quaisquer efeitos colaterais graves. Se você ou algum familiar recebeu uma vacina da J&J nas últimas três semanas e teve algum dos seguintes sintomas, entre em contato com seu médico ou vá ao pronto-socorro mais próximo:

  • Dor de cabeça severa
  • Dor abdominal
  • Dor na perna
  • Falta de ar

Observe que esses não são os mesmos sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo calafrios e fadiga, ou dor no braço que podem ocorrer 48 horas após a vacina.

Todos os eventos adversos relatados aconteceram dentro de três semanas após a pessoa receber a vacina da J&J. Além desse período, o risco desse tipo de coágulo parece extremamente improvável.

Devo tomar a vacina?

As vacinas da COVID-19 foram testadas em diversos ensaios clínicos. Leia mais sobre o que isso significa para grupos específicos.

As vacinas da COVID-19 funcionam em indivíduos negros e latinos?

Mais de 110.000 pessoas tomaram as diferentes vacinas contra a COVID-19 como parte dos ensaios clínicos. Além disso, os ensaios clínicos incluíram 10-19% de participantes negros e 15-45% de hispânicos/latinos (dependendo do estudo), o que significa que a segurança da vacina foi testada em um grupo diversificado.

Dados de ensaios clínicos mostraram que a vacina tem taxas de sucesso semelhantes em brancos, negros e latinos.

Devo tomar a vacina se já tiver tido COVID-19?

Sim. Os especialistas recomendam tomar a vacina mesmo se você já tiver tido COVID-19, porque não sabemos por quanto tempo a infecção por COVID-19 protege você de contrair a doença novamente. Contanto que você não esteja em isolamento por COVID-19 e não tenha mais sintomas, você pode tomar a vacina.

Mulheres grávidas ou amamentando podem tomar a vacina?

Embora atualmente não haja dados específicos sobre a segurança da vacina da COVID-19 em gestantes e lactantes, há muito pouca preocupação com as questões de segurança, com base na experiência com outras vacinas e na ciência das vacinas da COVID-19.

Portanto, com base nas orientações do FDA e do CDC, gestantes e lactantes podem optar por receber a vacina da COVID-19 no BMC.

Se você estiver grávida ou amamentando, converse com seu médico sobre potenciais riscos e benefícios. Essa ferramenta também pode ajudar você a compreender os riscos e benefícios potenciais. Vimos que gestantes apresentam maior risco de desenvolver formas graves da COVID, o que significa que os benefícios podem superar os riscos para muitas.

À medida que a vacina é administrada a mais pessoas, os pesquisadores estão analisando os benefícios e riscos potenciais para gestantes e lactantes.

Devo tomar a vacina se tiver alergia?

O FDA recomenda que pessoas com alergia grave a qualquer ingrediente da vacina da Pfizer não tomem esta vacina. Além disso, recomendam que você não tome a segunda dose se tiver uma reação alérgica grave à primeira dose. Todos os vacinados serão observados durante 15 minutos após a injeção para garantir que não apresentem quaisquer sinais de reação alérgica. Pessoas com alergia grave a outras vacinas ou medicamentos injetáveis serão observadas por 30 minutos.

A vacina não contém nenhum produto alimentar - incluindo ovos - ou metais.

Assim que puder tomar a vacina, converse com seu alergista se tiver dúvidas.

Devo tomar a vacina se tiver anemia falciforme?

A Sickle Cell Disease Association of America recomenda que pessoas com anemia falciforme recebam a vacinação da COVID-19 neste momento.

Pessoas com anemia falciforme que contraem COVID-19 podem ter taxas aumentadas de complicações da doença, hospitalização, internação na UTI e morte. Dada a alta eficácia e segurança relatadas nos ensaios das vacinas, acreditamos que o benefício de tomar a vacina da COVID-19 supere em muito o risco.

Minha condição de saúde não é abordada aqui. Como posso saber se a vacina é segura para mim?

Pessoas com certas condições de saúde, incluindo diabetes, doenças cardíacas, obesidade, foram incluídas nos estudos das vacinas. Portanto, temos evidências de que a vacina é segura para pessoas com essas condições. No entanto, pessoas imunossuprimidas não participaram dos ensaios.

Quando o FDA aprovar as vacinas, também dará recomendações sobre quem deve ou não tomar cada vacina. Se você tiver dúvidas sobre se deve ou não tomar a vacina da COVID-19 quando for possível, converse com seu médico.

As vacinas funcionam em idosos?

A vacina da Pfizer funcionou tão bem em idosos quanto em adultos mais jovens. Neste ensaio, cerca de 45% dos participantes tinham idades entre 56-85 anos.

As vacinas podem ser administradas em crianças?

O FDA aprovou a vacina da Pfizer para qualquer pessoa com mais de 12 anos de idade e a vacina da Moderna para qualquer pessoa com mais de 18 anos. Quando aprovarem outras vacinas, farão uma recomendação mínima de idade para cada uma.

Os estudos das vacinas COVID-19 em crianças menores de 12 anos estão em andamento.

OR